quarta-feira, 9 de março de 2011

A casa é sua.

   A casa é sua menina. Jamais vai lhe faltar cadeiras, sapatos, chinelos, roupas, cama, teto, quadros ou janelas para sentir a brisa, e a porta menina? ela estará aberta sempre que você chegar sorrateira ou depois de uma boemia, ah...entre sem bater, que ele vai gostar.
    Ele quer te abraçar e ver o mundo juntos, ele quer te ensinar e ser ensinado, quer também te surpreender menina, atente-se, pois poderá ser surpreendida com uma rosa vermelha pela manhã, ou com um Bommm Diaaa daqueles de arrepiar o bigode, ainda quer te fazer rir, soltar pipa, jogar bola, arrumar o carro e porque não a cozinha, ele quer na medida e dose certa se apaixonar e te apaixonar. Ele te observa com carinho...cada passo seu é um verso, cada pensamento seu é uma estrofe e cada dia seu é uma poesia!
  Você vive seus dias com intensidade, todos eles, pois sabe observar o simples onde é complexo, enquanto uns reclamam você ri, e acha graça!
   A casa é de vocês menina, se puder leve-a numa sacola onde vocês forem, pois vocês são do mundo.
 
 

Um comentário:

  1. uma casa que cabe numa sacola, mas não se cabe de tanto,
    tanto!

    ResponderExcluir